Mangás

A criação de um mangá

Isto é uma tradução de um post originalmente publicado pelo site Trends in Japan e posteriormente espelhado no WordPress pelo blog BeutifulExperience Esta tradução foi transubstanciada para um melhor entendimento sem prejuízo para o conteúdo original.

This is a translation of a post originally published by Trends in Japan and later mirrored in WordPress by the BeutifulExperience blog. This translation has been transubstantiated for a better understanding without prejudice to the original content.

O SISTEMA JAPONÊS QUE MANTÉM AS VENDAS EM ALTA
A cultura do mangá do Japão tem legiões de fãs ao redor do mundo. Uma coisa que os leitores estrangeiros muitas vezes querem saber é: Por que o Japão? O que têm o sistema japonês que permite produzir um sucesso de alta qualidade um após o outro? Nós damos uma olhada nos bastidores de alguns dos fatores que fizeram o mangá japonês um gênero artístico com a diversidade e profundidade que o equipara a romances e filmes.

PROFUNDA COLABORAÇÃO ENTRE ARTISTA E EDITOR


Em reunião com o editor. (C)Okubo Keizo

Uma razão freqüentemente dada para a alta qualidade do mangá japonês é o papel proeminente desempenhado pelo editor. A primeira etapa na serialização de qualquer mangá começa com o artista e o editor sentados juntos para conferir uma história. O artista desenha então um story-board básico chamado de “name.” Nesta fase, o mangá é apenas um esboço bruto que caracteriza desenhos simples com diálogos. Uma vez que o editor dá a aprovação para o rascunho, o trabalho desenrola na coisa real. Este é o estágio em que as decisões precisam ser tomadas no enredo e desenvolvimento de personagens. Dependendo do tipo de mangá, o artista pode realizar entrevistas de pesquisa nesta fase. Se o artista ficar sem idéias, o editor é a pessoa perfeita para dar sugestões. Muitos trabalhos de mangá se elevam a um patamar superior através de oportunos conselhos do editor.


O protagonista é um fator extremamente importante em qualquer mangá e é desenhado pelo próprio artista em pessoa. (C)Okubo Keizo

Do ponto de vista do artista, o editor é um parceiro criativo e colega íntimo, compartilhando as ansiedades do artista e certificando-se de que o trabalho decorrerá sem problemas. Foi dito que um editor pode contribuir com cerca de 30 por cento do que torna mangá ser bem sucedido.
No Japão, o editor também atua como um elo entre artistas e leitores, visitando livrarias para ouvir as opiniões dos leitores em pessoa e realizar pesquisas para descobrir como os leitores estão reagindo a cada episódio ou volume que é publicado. Muitas vezes, este feedback pode ter um efeito direto sobre como o mangá se desenrola. O editor também atua como um promotor, organizando eventos ao leitor, oferecendo brindes autografados, e chegando com idéias para aumentar as vendas. Outra parte importante do trabalho do editor é escavar e incentivar novos talentos.

O SISTEMA JAPONÊS DE PRODUÇÃO DE MANGÁS DE SUCESSO
O sistema editorial único em vigor em revistas de mangá japonesas tem desempenhado um papel crucial em fazer mangá um sucesso global. Um bom exemplo de como este sistema funciona pode ser visto no sistema de votação introduzido pela revista de mangás Shonen Jump , da editora japonesa Shueisha . Cada número da revista inclui um cartão postal que pede aos leitores para votar em suas séries favoritas. Os editores, em seguida, classificam as várias séries por popularidade na próxima edição, com as histórias mais populares aparecendo mais perto da frente da revista. As séries impopulares são muitas vezes cortadas com base nos resultados dessas pesquisas. Departamentos editoriais em outras revistas são igualmente implacáveis. Uma vez que os leitores perdem o interesse em uma história, é altamente improvável que uma revista continue com sua serialização – não importa quão bem conhecido seu escritor ou escritora seja.

Para Nakada Kenichi, com sua experiência na Shogakukan (uma conhecida editora japonesa), a peculiar infra-estrutura editorial no Japão é um dos principais pontos fortes da indústria de mangá. “Eu diria que levou quase meio século para construir o sistema que temos hoje, capaz de produzir tal volume de mangá de alta qualidade. O estoque enorme de mangá velho é outra força para a indústria no Japão. Temos uma longa história de tentativa e erro – todos os tipos de idéias diferentes foram tentados em todos os tipos de gênero. É certo dizer que ter um estoque tão grande de idéias tem sido um enorme benefício para o mangá no Japão.”


A artista de mangá Kumagai Kyoko trabalhando. (C)Okubo Keizo

A competição é outro elemento importante no Japão, de acordo com Kumagai Kyoko , uma artista de mangá conhecida de Nakada. “Há um desejo de ser melhor do que a próxima pessoa, para chegar a um grande sucesso. Esse senso de competição estimula as pessoas e ajuda a refinar suas habilidades”, diz ela.


Uma assistente trabalha em um leque, copiando de um verdadeiro para garantir precisão absoluta. (C)Okubo Keizo

“Pequenos detalhes são importantes – o fundo de um painel, as coisas que os personagens estão segurando em suas mãos, e assim por diante.”

“A presença de assistentes talentosos também é importante. Tenho duas séries em trânsito no momento – com uma parcela devida a cada duas semanas. Cada episódio tem 30 páginas. Seria impossível para mim trabalhar em cima de tanto material sozinha, por isso eu trabalho sempre com a ajuda de cinco assistentes. Pequenos detalhes são importantes – o fundo de um painel, as coisas que os personagens estão segurando em suas mãos, e assim por diante. A qualidade do produto global sofre se você negligenciar os detalhes, por isso eu insisto em começar tudo sempre certo, até os detalhes mais pequenos.”


Um time de cinco assistentes trabalha em um mangá de Kumagai Kyoko (de costas ao fundo). (C)Okubo Keizo

É graças ao sistema editorial único do Japão e ao trabalho dos artistas e escritores apaixonados, os quais dedicaram suas vidas à sua arte, que o mangá japonês se tornou um fenômeno global. (Fevereiro de 2011)

References:
[1] Shonenjump

[2] Shogakugan

[3] Trends in Japan (Web-Japan.org)

Advertisements
Standard